Charles & Ray Eames

Charles Eames, nascido em St. Louis, Missouri, estudou Arquitetura na Universidade de Washington e desenhou inúmeras casas e igrejas em colaboração com vários parceiros. O seu trabalho chamou a atenção de Eliel Saarinen, que lhe propôs sociedade na Academia de Arte Cranbrook, no Michigan, em 1938.Dois anos mais tarde, em 1940, Eames e Eero Saarinen ganharam o primeiro prémio da “Competição de Design Industrial para as 21 Repúblicas Americanas”, também conhecida como “Design Orgânico em Mobiliário Doméstico”, organizada pelo MoMA. Nesse mesmo ano, Eames foi destacado como presidente do Departamento de Design Industrial de Cranbrook.Ray Eames nasceu sob o nome Bernice Alexandra Kaiser, em Sacramento, Califórnia. Frequentou a Faculdade Bennett, em Nova Iorque, e prosseguiu os seus estudos em Pintura na Escola de Belas-Artes Hans Hofman até 1937. Durante este último ano, exibiu o seu trabalho na primeira exposição do grupo Artistas Abstratos Americanos no Museu Riverside, em Nova Iorque, e matriculou-se em Cranbrook em 1940.Charles e Ray Eames casaram em 1941 e mudaram-se para Longes Angeles, onde juntos começaram a testar técnicas para moldar a madeira compensada de forma tridimensional com o objetivo de criar cadeiras confortáveis a preços acessíveis.

Em 1946, exibiram os seus primeiros projetos de mobiliário no MoMA e foi a Companhia Herman Miller, no Michigan, que começou a fabricar mobiliário com o apelido dos agora mundialmente reconhecidos designers. Charles e Ray participaram, em 1948, no concurso “Mobiliário Low-Cost” no MoMA, e construíram a sua residência particular – a Eames House – em 1949. Para além do seu trabalho em design de mobiliário e arquitetura, experimentaram regularmente o design gráfico, fotografia, cinema e, também, o design de exposições.Em 1957, a Vitra assinou um contrato de licença com Herman Miller e começou a produzir os desenhos Eames para a Europa e Médio Oriente. Charles e Ray Eames tiveram uma influência profunda e duradoura na Vitra. Foi, aliás. o contacto com o seu trabalho que estimulou o início da empresa como fabricante de mobiliário.Desde a morte de ambos, a Vitra manteve-se em contacto próximo com a família Eames, que agora gere o Escritório Eames, onde se tratam todos os assuntos relacionados com a preservação, desenvolvimento e produção de desenhos dos dois designers. A Vitra é o único fabricante autorizado de produtos Eames para a Europa e Médio Oriente e este mobiliário tem sido um pilar da coleção da Vitra desde o início.